Luana Piovani se revolta com filhos cantando Anitta e faz desabafo

0

 

Treta sem fim! Parece que Luana Piovani não gostou nada de saber que os filhos, Dom, de 7 anos, e os gêmeos, Bem e Liz, de 3, cantaram Anitta durante um passeio de carro com o pai, Pedro Scooby, que está em Portugal para visitar as crianças.

A apresentadora e o surfista de separaram em março e, recentemente, ele assumiu o namoro com a poderosa.

Vale lembrar que, desde que se assumiram, Piovani, que sempre alfineta o novo casal, resolveu desabafar nas redes sociais e cogitou até proibir os filhos “de ficar junto”.

“Incrível, ninguém lê um Monteiro Lobato, canta uma ‘Palavra Cantada’, uma Adriana Partimpim. A professora [das crianças] falou que tem que ler e escrever nas férias para não perder a mão. Do jeito que o incentivo aqui em casa tá puxado, quero ver como vai ser. A minha vontade nem posso dizer qual é. Mas o que vou fazer? Não posso fazer minha vida uma guerra. Ou eu proíbo, ou arrumo uma confusão ou não deixo ficar junto. Não adianta conversar, falar com a parede”, declarou ela.

Logo em seguida, Luana Piovani não deixou de mandar um recado bem direto a Scooby. “Merda de separação que simplesmente emburrece o outro. Peço ajuda a quem?”, esbravejou.

Por fim, Pedro Scooby se pronunciou ontem sobre o vídeo dos filhos cantando “Onda Diferente”, música de Anitta em parceria com Ludmilla e Snoopy Dog, que ele fez durante um passeio de carro com as crianças.

“Nem sei se eu deveria explicar isso pra vocês, mas vamos lá! A playlist que estava tocando hoje no carro não fui eu que escolhi. São as músicas prediletas dos meus filhos […] Só para deixar claro: meus filhos amam música brasileira. Amam Ludmilla, Kevinho, Thiago Brava… Só para deixar tudo na paz. Estou passando um dia maravilhoso com meus filhos. Acho que eu tinha que deixar claro para quem me acompanha”, disse ele.

Scooby também falou sobre os sinais de “chifrinho” que Bem fez no registro. “Vi alguém falando do símbolo que o Bem fez com a cabeça e foi só um simbolozinho que ele aprendeu para lembrar da marca de um carro”, afirmou.