Publicidade

‘Amor de Mãe’: Lurdes reencontra o filho perdido e Kátia morre em suas mãos

Publicidade
Publicidade

Lurdes (Regina Casé) recebeu o atestado de óbito de Domênico, mas ela se recusa a acreditar que o filho está morto. Em Amor de Mãe, a dona de casa estranha quando lê o documento atentamente. Nele, consta que Domênico morreu de asfixia, sendo que Kátia (Vera Holtz) disse que foi de infecção

Para tirar a história a limpo, Lurdes procura a criminosa. Mas Farula (MC Cabelinho) e Daisy (Aldene Felipe) impedem a dona de casa de se encontrar com a “Tia Véia”. Os dois bandidos contam para Kátia o que aconteceu:

“É melhor a senhora não dar bobeira, Tia Véia… A mulher disse que a senhora mentiu que o menino tinha morrido disso, mas ele morreu daquilo… Ela acha que o filho está vivo de qualquer jeito.”

Publicidade

É então que a traficante tem uma ideia:

“É?… Traz ela aqui. Agora.”

Farula e Daisy surpreendem Lurdes na rua e a levam à força para o barraco de Kátia.

Publicidade

“Por que você mandou esses capangas me trazerem aqui, sua desgraçada?! Eu não tenho medo não!”, diz Lurdes para sua inimiga.

Kátia pede para a mulher se acalmar, pois tem algo importante para dizer:

“Você estava certa.”

Publicidade

“Meu filho está vivo, não está?”, pergunta Lurdes.

“Está. Seu filho está vivo!”, confirma a bandida.

Lurdes não demora a encontrar Domênico em “Amor de mãe”.

Publicidade

À beira da morte, Kátia conta a ela que seu filho é Sandro (Humberto Carrão), que desistiu de vender e criou como se fosse sua mãe. Para não deixar o filho sozinho no mundo, a criminosa leva Lurdes até o presídio onde Sandro cumpre pena por roubo de carro e assalto a mão armada. Ao chegar lá, Kátia conta ao rapaz que mentiu sobre sua mãe biológica, e Lurdes o abraça com todo amor do mundo.

Kátia conta que o casal que ia comprar o menino não apareceu no dia marcado. Quando conseguiu outro comprador, Domênico já estava com ela há mais de oito meses, e Kátia havia se apegado.

Muito doente, Kátia passa mal na cadeia e morre nos braços de Lurdes. “Me perdoa por ter roubado seu filho… Me perdoa por todas as mães que eu deixei sem filho…”, diz ela antes de morrer.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *