Endividado, ex-BBB Dicesar trabalha de balconista em loja de roupa: ‘Pedi ajuda’

0

Um dos maiores nomes da história do Big Brother Brasil e um dos destaque do “BBB 10”, o maquiador e Drag Queen Dicesar Ferreira, de 54 anos, está trabalhando desde outubro numa loja de rua no centro de São Paulo.

Após a saída do programa, em 2010, ele trabalhou por sete anos como repórter do programa da Eliana e passou por outras emissoras de TV.

“Desisti da TV quando as contas apertaram e parei de fazer parcerias de imagem. E estou trabalhado com vendas desde outubro, numa loja incrível no Arouche, no Centro de São Paulo. Não é vergonha pra ninguém”, conta ele.

Em entrevista ao jornal EXTRA, Dicesar explicou que atua na loja como coaching de vendas, fazendo parte de uma equipe “fashion e moderna” da loja de um grande amigo dele.

“Pedi para trabalhar com eles. Como não está tendo muito trabalho. Televisão estava sendo só uma vitrine. Não tinha salário. E a gente não pode viver disso. A gente tem que ter um emprego de dia. E o meu amigo me ofereceu emprego, salário, uma bonificação, o registro profissional, e na hora eu aceitei. Eu preciso de um emprego de dia, a gente tem que pagar as contas”.

Dez anos após participar do “BBB”, Dicesar conta que conseguiu comprar seu apartamento. “O Big Brother me deu muita coisa, mas as contas vêm. Estou de boa trabalhando, amo o que eu faço. Antes de entrar no programa eu já trabalhava como vendas e vitrinista e sempre trabalhei na área de vendas, maquiagens e coaching”.

Além do trabalho na loja, o ex-BBB continua se apresentando como sua personagem Dimmy Kieer em boates e eventos, e fazendo teatro.

“Tem que se jogar. A gente não pode desistir. E quando aperta, ainda bem que eu tenho saúde para poder trabalhar no que for. Estou na minha terceira peça de teatro e ensaiando uma nova, mas tem que trabalhar de dia, né? Ficar só pensando na televisão e no que vai vir, não rola. Tem que ter grana para pagar as contas. Graças a Deus agora eu estou bem”.