Depois do conar notificar Gusttavo Lima por exagerar na bebida em sua live, o cantor desabafa “Não farei mais”

0

Parece que é o fim das lives do embaixador Gusttavo Lima, pois depois de receber diversas críticas de sua última live, que durou mais de 12 horas no ar, divertindo a muita gente, e também arrecadando dinheiro para pessoas que passam necessidade devido a epidemia do coronavírus, o cantor resolveu fazer um desabafo.

(Foto: Reprodução-Instagram)

Ele foi notificado pelo conar por inserir bebida alcoólica demais em sua live, e recebeu diversas críticas de muita gente por exagerar em falar muitos palavrões ou coisas desse tipo, resumidamente muitas pessoas disseram que ele passou de todos os limites, tendo em vista que havia pessoas de todas as idades assistindo, o que não deveria ser o correto, afinal o horário não permitia.

“”Acho que o grande segredo da live é tirar o lençol do fantasma. Acho que uma live engessada e politicamente correta não tem graça. O bom são as brincadeiras, a vontade [de] levar alegria, alto astral para as pessoas que estão agoniadas nesse momento. Não farei live pra ser censurado!! Juntos, ajudamos muitas pessoas. Foram toneladas de alimentos e arredações… Fizemos nosso papel, Deus abençoe a todos!!.. então ACHO QUE NÃO ROLA MAIS” desabafou o cantor.

(Foto: Reprodução-Instagram)

Na internet, a posição dividiu opiniões, várias pessoas ficaram a favor do embaixador, mas muitas pessoas foram contra sua decisão, dizendo para que ele não se importasse com as críticas e seguisse em frente, veja alguns comentários.

“A galera é foda né? Quem não gosta é só não assistir gente, pra que esculhambar? 🙄”

“Pq a verdinha da Ludmilla n é censurada? Um absurdo isso! Apologia a droga pode, o cara estar em casa, cantando, rindo, divertindo o seu público e o principal AJUDANDO OS OUTROS, é massacrado! É mta hipocrisia!”

Algumas pessoas que não gostam do cantor também deixaram suas críticas

“O BOLSOMINION NÃO PODE SER CONTRARIADO, GENTE? QUE DÓ!”

“Amado, é só você colocar restrição de idade e não exagerar na bebida alcoólica, que o problema é resolvido. Esse lance de romantizar um consumo alcoólico exagerado já deu!”

E vocês, o que acham disso tudo?