Vanessa da Mata pede desculpas após comentário polêmico: “Post infeliz”

0

Vanessa da Mata usou suas redes sociais para pedir desculpas após um comentário polêmico que circulou na web e levou internautas a pedir o “cancelamento” da cantora famosa.

Em um vídeo publicado no Twitter e no Instagram, a artista de 44 explicou que ocorrue um mal-entendido – ela tinha dito que, independentemente do salário, as pessoas deveriam guardar 30% do que recebem e o que os brasileiros não sabem fazer gestão familiar e estão sofrendo no momento atual por terem gastado dinheiro com churrasco.

“O que aconteceu mais cedo, foi que falei com um amigo que sempre pedi que economizasse ao invés de fazer festas, churrasco ou beber tanta cerveja no final de semana. Ele hoje concordou e disse que os amigos que iam beber às custas dele não apareciam agora para ajudar!”, disse Vanessa.

“Resolvi passar essa informação adiante para todos, sem exceção, sem explicar melhor a fala, como se estivesse generalizando sem querer mas do meu jeito muitas vezes espontâneo sem ler com atenção! Essa informação não é para todos! Meu pedido de desculpas está neste vídeo a todos com muito respeito”, desculpou-se.

Para quem não está entendendo, em seu primeiro post, Vanessa fez uma crítica dura a quem não economiza.

(Foto: Reprodução/Instagram)

“Não importa o quanto você ganha, 30% você guarda! Não é salgadinho, nem cerveja, nem churrasco ou o que quer que seja, que possa tirar sua poupança. Nós brasileiros não sabemos fazer gestão familiar e agora muitos estão sofrendo o que seria uma troca maravilhosa de churrasco para dias de tranquilidade”, disse a cantora, explicando sua forma de raciocínio.

“Isso é para quem ganha uma quantia que dá para guardar, claro. E para os que usam a grana no final de semana com outras coisas! Se sobra para o churrasco e cerveja, sobra para economizar!”, afirmou ela depois

Vanessa foi criticada por usuários e blogueiros especializados em finanças, que disseram que ela perdeu a noção da realidade brasileira e que as pessoas estavam perdendo os empregos em meio à pandemia de coronavírus.

Veja o vídeo: