Perrengues e situações constrangedoras vividas pelos profissionais da Record TV

0

Morreu ou foi para Record? Emissora já protagonizou diversos momentos constrangedores e os artistas do próprio canal já relataram alguns perrengues.

Reproduzindo um post que viralizou no Facebook, criamos uma lista com algumas situações nada legais vividas pelos profissionais da casa.

Ator pega sarna ao usar figurino sujo da Record

Cássio Scapin confirmou que pegou sarna –infecção contagiosa da pele que acontece entre seres humanos e animais– ao usar figurino sujo durante as gravações de “O Rico e o Lázaro”, novela bíblica da Record em coprodução com a Casablanca. O fato ocorreu em agosto de 2017.

“Talvez, o figurino não tenha sido higienizado devidamente. Acabei pegando uma escabiose crostosa, que é uma infeccção altamente contagiosa. Eu comecei com uma coceira, uma irritação, vermelhidão na pele. Fui ao médico e foi aí que ele me falou que eu estava com sarna. E eram figurinos muito pesados, com a manutenção difícil”, disse ele, em contato com a reportagem do UOL, durante evento Esquenta Camarote Bar Brahma.

Após ser dispensada pela TV Globo no final da novela “Totalmente Demais”, em 2016, a atriz Adriana Birolli, 30, trocou de canal e assinou com a Record para participar de “Belaventura”.

Em conversa com o site “Pure People”, a famosa disse que poderia trabalhar novamente em sua antiga emissora. “Sobre a novela do Aguinaldo Silva, eu prefiro não falar nada para não me comprometer. O que posso dizer é que se pintar um convite eu vou e vou de joelhos. Amo o Aguinaldo e adoro trabalhar com ele”, disparou ela.

Íris Bruzzi soltou o verbo em entrevista à atriz Antonia Fontenelle, publicada no canal de YouTube Na Lata em 2016. No bate-papo, a veterana, que travava uma batalha judicial com a Record na época, exigindo direitos trabalhistas, afirmou que a emissora não dá visibilidade.

– Eu fiz coisas lindas (na Record). Se fosse na Globo, eu teria ganhado prêmios. Eu fui a uma festa e de repente me apareceu uma senhorinha fofa, que disse: ‘Você está linda, eu pensei que você estava morta’. Na Record, a gente desponta para o anonimato. As pessoas pensam que a gente morreu, mas eu estou vivíssima – afirmou ela

A repórter Kelly Borges, da TV Record, foi pega de surpresa ao receber diagnóstico positivo para Covid-19, enquanto fazia uma entrada ao vivo para o programa “Balança Geral Joinville”.

Kelly fazia um link (entrada ao vivo) para um matéria sobre “teste rápido” para Covid-19 e aproveitou para se submeter ao teste que colhe uma pequena amostra de sangue do paciente por meio de um furo no dedo, detectando se o corpo teve contato com o vírus e desenvolveu proteção contra ele.

Como o teste demora cerca de 30 minutos para sair, o resultado só foi divulgado nesta terça-feira durante a edição do ‘Balança Geral Joinville’. A âncora Sabrina Aguiar informou que, para o espanto de toda a equipe, Kelly tinha sido infectado.

A apresentadora aproveitou para enfatizar que a emissora segue tomando todas as medidas de prevenção contra a doença.

Anonimato

“Quem assiste Dona Xepa ai?”

Veja o vídeo icônico:

“Aline Riscado morreu?”

Jornalismo de qualidade!