Bailarina do Faustão Natacha Horana é presa por desacato após fazer festa em apartamento. Vídeo.

0

Mais uma treta em meio a pandemia, e mais uma vez por festinhas particulares envolvendo famosos, desta vez a bailarina do Faustão Natacha Horana foi presa por desacato as autoridades ao ser flagrada fazendo uma festa em um apartamento alugado.

(Foto: Reprodução)

Natacha estava dentro de um cômodo do apartamento, e não achou justo ela ser detida pois não estava participando da festa, e o argumento que ela dizia é que não estava junto com o resto do público, justamente por estar isolada em um cômodo da casa sozinha. (oi?)

Em uma nota, a assessoria da imprensa de Natacha explicou a situação: “Após receber um chamado, guardas municipais invadiram o apartamento juntamente com fiscais municipais, sem que ninguém da casa permitisse o ingresso dos agentes”
“Por não estar participando, [ela] acreditou que não seria necessário abrir a porta do cômodo em que já estava acomodada. Exaltados e sem paciência para explicação, rapidamente os agentes da Guarda Municipal de Balneário Camboriú, então, arrombaram a porta”
O advogado da bailarina afirmou que a abordagem dos agentes foi incorreta: “Inadmissível a postura dos agentes, pois não havia situação de flagrante delito que justificasse a invasão do apartamento, bem como detiveram Natacha a força sob fundamentos ilegais, além dos guardas usurparem a função da Polícia Militar, estabelecida na Constituição Federal”
disseram em nota.

Assista ao momento de sua prisão, vídeo postado pelo jornalista Léo Dias da coluna do site Metrópoles

Ver essa foto no Instagram

O @leodias postou o vídeo do momento da prisão da @natachahorana, bailarina do Faustão. Natacha estava fazendo uma festa em um apartamento alugado e foi detida por desacato a guardas municipais. Em nota, a assessoria da bailarina se pronunciou: “Após receber um chamado, guardas municipais invadiram o apartamento juntamente com fiscais municipais, sem que ninguém da casa permitisse o ingresso dos agentes” “Por não estar participando, [ela] acreditou que não seria necessário abrir a porta do cômodo em que já estava acomodada. Exaltados e sem paciência para explicação, rapidamente os agentes da Guarda Municipal de Balneário Camboriú, então, arrombaram a porta” O advogado da bailarina afirmou que a abordagem dos agentes foi incorreta: “Inadmissível a postura dos agentes, pois não havia situação de flagrante delito que justificasse a invasão do apartamento, bem como detiveram Natacha a força sob fundamentos ilegais, além dos guardas usurparem a função da Polícia Militar, estabelecida na Constituição Federal”

Uma publicação compartilhada por GOSSIP DO DIA (@gossipdodia) em

Veja o vídeo da mesma sendo conduzida para viatura