Depois de ter os dados do cartão de crédito vazados, Bolsonaro recebe um golpe de mais de R$290 mil reais

0

Não só o presidente foi vítima de um golpe, como também seus filhos Flávio e Carlos Bolsonaro, acumulando um prejuízo de mais de 290 mil reais só em farras e compras no Chile na loja gigante de varejo chilena Falabella.com.

(Foto: Reprodução)

Os golpes aconteceram logo no início de Junho, após alguns hackers identificados como “Grupo Anonymous Brasil” terem vazados dados sigilosos do presidente e de seus aliados, como vereadores e ministros, dados como cartão de crédito e também dados pessoais como RG, CPF e outros documentos.

O Órgão de Fiscalização Fazendária do Chile denunciou cerca de mais de 26 fraudadores, e todos os denunciados são funcionários ou membros da rede de varejo Falabella.com, uma investigação mais precisa já foi aberta para apurar o caso e punir todos os culpados e envolvidos no golpe.

Vários materiais foram comprados com o uso do cartão do presidente Bolsonaro, entre eles celulares, roupas, um colchão e uma guitarra elétrica. Alguns itens mais sigilosos não foram revelados, até mesmo para não atrapalhar na investigação.

(Foto: Reprodução)

Os envolvidos no crime irão responder de acordo com as leis do Chile, mesmo sendo contra o presidente do Brasil, o crime aconteceu por lá e as leis para cartões de crédito clonados e roubados lá acabaram de mudar, e são bem mais rigorosas do que aqui no Brasil por exemplo.

Caso condenados, todos os envolvidos poderão pegar até 5 anos de prisão e terão que pagar uma multa que corresponde ao triplo do valor que foi roubado.