ONG expõe áudio de Claudia Ohana revelando o verdadeiro motivo pelo qual atriz devolveu os cães: “há tempos tentando se livrar deles”

0

A atriz Claudia Ohana rebateu a ONG Projeto Toca do Bicho após ser acusada de devolver dois cachorros que adotou antes da quarentena do coronavírus. No Instagram, Ohana negou que tenha devolvido os animais.

Tudo começou com um post da ONG sobre os dois cães, Thor e Tigrão, que tinham sido adotados pela atriz no final do ano passado.

Claudia Ohana abandonou seus cachorros na pandemia? Entenda! | OFuxico

“Fui adotado com dois meses com meu irmão. Fui devolvido aos sete meses. Me pergunto o que eu fiz para merecer… estou muito deprimido. Preciso de amor de uma família. Beijos do Trigrão”, dizia o post.

“Sou o Thor. Irmão do Tigrão. Também fui devolvido. Dormíamos na cama da mamãe. De repente, não nos quis mais! Estou sofrendo, porque sei que é difícil uma adoção conjunta”, acrescentou.

Ohana rebate:

Após ser criticada nas redes sociais, Ohana afirmou ter deixado os animais com a ONG apenas durante a pandemia e que iria buscá-los após o isolamento. A justificativa, segundo ela, foram muitas dores nas costas [como parte de cuidar dos animais] e que não podia contar com a ajuda de outras pessoas.

“Eu fiquei muito chateada com a ONG Toca do Bicho. Eu adotei eles pouco tempo antes da pandemia e aí veio a pandemia e eu fiquei sozinha em casa. Aguentei 3 meses de limpar tudo, eles foram destruindo… normal, cachorros pequenos”, disse a atriz, em vídeo.

Claudia Ohana devolve cachorros após adoção e vira polêmica ...

“E não tava aguentando minhas costas, eu dei um jeito nas costas. E eles iam para a casa do meu primo, que é praticamente meu irmão, e o pessoal da Toca do Bicho não deixou eu mandar. Aí eles falaram que tudo bem, que eles poderiam ficar lá um tempo e que depois eles voltariam para cá”, apontou.

Ohana ainda acusou a ONG de colocar os cachorros dela para adoção e de fazer publicidade em cima. “Eu tenho muita saudade dos meus cachorros, eu não abandonei eles. Ela [a ONG] falou que ia me ajudar”.

https://www.instagram.com/p/CCzP-bxHF_A/

Logo após a atriz se posicionar, ela apagou o vídeo. A ONG voltou a desmentir a atriz e divulgou um áudio da mesma falando que teria que tomar essa difícil decisão de devolve-los.

“ESCUTEM OS ÁUDIOS E TIREM SUAS CONCLUSÕES!! VOCÊ DEVOLVERIA OS DOIS????”, escreveu a ONG em uma publicação no Instagram.

E continuaram: “Até o momento vínhamos mantendo o anonimato de quem devolveu Thor e Tigrão. Mas diante das inverdades postadas pela atriz Claudia Ohana, que até apagou o próprio vídeo feito no feed, por conter absurdos, e procurar a classe artística para justificar o injustificável, peço que vejam o vídeo e tirem as próprias conclusões. Somos uma ONG seria, que luta com dificuldade para manter mais de 150 animais e encaminhá-los à famílias que os tratem como filhos. Não doamos animais para locais onde haja risco de fuga, longe da nossa área de atuação, porque fazemos acompanhamento pós-adoção, justamente para ver se o animal está sendo bem tratado, orientando nos cuidados veterinários e comportamentais. Não doamos os animais para, ao menor sinal de dificuldade serem devolvidos como se o abrigo fosse uma colônia de férias, para o tutor buscar quando bem entender. Abrigo é local de passagem. E explicamos e colocamos no termo de adoção que se for constatado que o adotante não têm condições de ficar com o animal, que temos sim o direito de pega-los de volta, pois o bem-estar deles vem em primeiro lugar”, começaram.

“Claudia Ohana nunca se preocupou em saber deles, nunca foi visitá-los ou mandou um saco de ração para os filhos que dizia tanto amar. Ela sumiu. E vem cobrar da gente algo? Querer agora os 2 de volta para amenizar a situação? Acabou a confiança! O que você, pensaria de alguém que agiu assim? Por que a atriz apagou o primeiro vídeo que fez, bloqueou comentários no instagram? Porque ela não os adotou às vésperas da pandemia como disse, e sim em dezembro, como postado no próprio instagran dela! E já vem há tempos tentando se livrar deles”, continuaram.

“Seja famoso ou não, para nós o adotante bom é o que ama incondicionalmente e não o que ao menor sinal de problema os descarta. As inconstancias dela durante todo o período de adoção nos deixaram bem inseguras. A cada hora dizia uma coisa, mas não fazia o principal: dar a vida que todo filhote precisa, com educação e limites para eles, cuidados veterinários etc. Contra fatos, não há argumentos”, finalizaram.

Confira o vídeo:

View this post on Instagram

Até o momento vínhamos mantendo o anonimato de quem devolveu Thor e Tigrão. Mas diante das inverdades postadas pela atriz Claudia Ohana, que até apagou o próprio vídeo feito no feed, por conter absurdos, e procurar a classe artística para justificar o injustificável, peço que vejam o vídeo e tirem as próprias conclusões. Somos uma ONG seria, que luta com dificuldade para manter mais de 150 animais e encaminhá-los à famílias que os tratem como filhos. Não doamos animais para locais onde haja risco de fuga, longe da nossa área de atuação, porque fazemos acompanhamento pós-adoção, justamente para ver se o animal está sendo bem tratado, orientando nos cuidados veterinários e comportamentais. Não doamos os animais para, ao menor sinal de dificuldade serem devolvidos como se o abrigo fosse uma colônia de férias, para o tutor buscar quando bem entender. Abrigo é local de passagem. E explicamos e colocamos no termo de adoção que se for constatado que o adotante não têm condições de ficar com o animal, que temos sim o direito de pega-los de volta, pois o bem-estar deles vem em primeiro lugar. Claudia Ohana nunca se preocupou em saber deles, nunca foi visitá-los ou mandou um saco de ração para os filhos que dizia tanto amar. Ela sumiu. E vem cobrar da gente algo? Querer agora os 2 de volta para amenizar a situação? Acabou a confiança! O que você, pensaria de alguém que agiu assim? Por que a atriz apagou o primeiro vídeo que fez, bloqueou comentários no instagram? Porque ela não os adotou às vésperas da pandemia como disse, e sim em dezembro Como postado no proprio instagran dela! E já vem há tempos tentando se livrar deles. Seja famoso ou não, para nós o adotante bom é o que ama incondicionalmente e não o que ao menor sinal de problema os descarta. As inconstancias dela durante todo o período de adoção nos deixaram bem inseguras. A cada hora dizia uma coisa, mas não fazia o principal: dar a vida que todo filhote precisa, com educação e limites para eles, cuidados veterinários etc. Contra fatos, não há argumentos. #somostodosthoretigrao

A post shared by ONG Projeto Toca Do Bicho (@projetotocadobicho) on