Padre se revolta, chama Bolsonaro de bandido e diz que quem votou deveria se confessar. Vídeo!

0

Um padre deu o que falar na missa deste domingo, pois não conseguiu segurar toda a sua indignação para com o atual presidente do Brasil, e com a frieza que ele vem tratando a pandemia do Coronavírus, durante a missa o Padre citou o número de mortos e a forma como os familiares destes mortos vem sendo tratados, e ainda disse que em um país com a imensidão como o nosso Brasil, como é possível estarmos sem ministro da saúde por tanto tempo?

(Foto: Reprodução)

O Padre se chama Edson Adélio Tagliaferro e a missa foi realizada na Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, a 150km de São Paulo mais ou menos, o Padre afirmou que o presidente não presta, que é um bandido, e que quem votou nele deveria se confessar para admitir seus pecados.

“Um país que já chegou a 60 mil mortos pela pandemia, e não temos um ministro da Saúde. Vocês querem que eu fale o quê? Aquilo que todos falam, ‘ah, ele não trabalha porque não deixam ele trabalhar’. Não! É porque ele não presta. Bolsonaro não vale nada! E quem votou nele devia se confessar, pedir perdão a Deus pelo pecado que cometeu, porque elegeu um bandido”, disse ele indignado.

Assista ao vídeo que esta dando o que falar, e logo foi republicado por vários perfis que fazem oposição ao governo

Ver essa foto no Instagram

PALAVRAS DO SENHOR… 🎥 @ParoquiaNSDoresArtur

Uma publicação compartilhada por Arrependimento & Rendição (@bolsominionsarrependidos) em