Mulher vai a manicure sabendo que estava com Covid e manda mensagem em seguida: “eu precisava muito que as unhas fossem feitas.”

0

Mais um caso de desumanidade em meio a pandemia aconteceu e dessa vez foi Washington, nos Estados Unidos, país que lidera o ranking de mais mortos pelo Covid-19 até o momento.

(Foto: Reprodução)

Uma mulher, mesmo sabendo que estava testando positivo para o novo CoronaVírus, resolveu ir a uma manicure mesmo sabendo que iria contaminar a profissional e várias colegas de sua profissão que estavam ali trabalhando.

A manicure só ficou sabendo que a sua cliente estava testando positivo para o Covid um dia depois, quando se deu conta que ela havia esquecido sua carteira no salão e resolveu mandar uma mensagem para que a mesma fosse devolvida. No momento que a manicure conseguiu contato com a sua cliente, ela explicou que estava com a doença e pediu para que os funcionários ficassem em quarentena por ela ter frequentado o salão no dia anterior.

“Eu me sinto muito e não deveria ter comparecido ao meu agendamento, mas eu precisava muito que as minhas unhas fossem feitas! Eu testei positivo para a doença há dois dias, então por favor fique em quarentena”, disse a mulher em mensagem para manicure.

A manicure logo ficou assustada e lembrou que havia perguntado antes se ela havia tido contato com alguém que pudesse ter o vírus, e pediu para que ela fosse sincera, pois ela pertencia ao grupo de risco e estava muito decepcionada pelo fato da cliente ter mentido “Você sabia que eu sou uma pessoa com o sistema imunológico comprometido e legalmente eu não poderia te atender se você tivesse tido contato com alguém [contaminado].”, respondeu a manicure.

“Eu estava desesperada para sair de casa! Eu estava em quarentena por dois dias, me desculpe! Eu precisava muito fazer as minhas unhas! Você viu como elas estavam feias”, respondeu a cliente tentando se justificar.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Depois do caso, a manicure que se chama Taylor teve que parar de trabalhar, entrar em quarentena e ainda se submeter a testes que pudesse de fato dizer se ela havia ou não contraído a doença, mas ela aproveitou para usar as suas redes sociais para fazer um desabafo: “Vamos proteger a nós mesmos e uns aos outros. Se há algo que aprendi nas últimas 24 horas é que pode haver um punhado de pessoas impensadas como esta ex-cliente que fez isso comigo, mas este mundo é um lugar lindo, com muitas pessoas dispostas a fazer o que está certo. Continue sendo bom para os outros e vamos expulsar esse vírus daqui”, disse a manicure.

Em quase todos os comentários, a manicure recebeu palavras de apoio e carinho de seus clientes e também repúdio a atitude desumana da mulher, e ela resolveu dar uma explicação sobre que atitude tomou depois disso “E, para todos que continuam comentando, a cliente foi denunciada às autoridades competentes e estou deixando para eles a tarefa de me ajudar a lidar com a situação adequadamente”, finalizou.