Pai e filho, ambos médicos morrem vítimas do coronavírus: “Morreram salvando vidas”, desabafa familiar

0

Pai e filho perderam suas vidas em menos de 1 mês de intervalo, vítimas da mesma doença, o terrível Covid-19, que tem espalhado pânico pelo mundo a fora.

(Foto: Reprodução)

Ambos dedicaram de suas vidas para a medicina e viviam na Flórida (EUA). Jorge A. Vallejo tinha 89 anos e era um ginecologista aposentado, já seu filho Carlos era clínico geral e tinha 57 anos de idade.

A família Vallejo é originária de Cuba e foram para os Estados Unidos nos anos 60, assim como muitos imigrantes cubanos vão até hoje, Jorge lutou muito em toda a sua vida e durante sua carreira, ele passou cerca de 10 anos estudando somente inglês, para que depois pudesse exercer a sua carreira como médico e fizesse assim uma faculdade e se aposentou no ano de 2005.

De acordo com o jornal “Miami Herald”, Carlos estava tratando de mais de 76 pacientes com o novo coronavírus antes de ser internado e outros 5 membros da família também foram infectados.

“Ele era um modelo para mim. Eu poderia falar com ele todos os dias por horas. Ele era um médico tão generoso que, se seus pacientes estivessem passando por um momento difícil, ele os veria de graça e diria para não se preocuparem com isso.”, desabafou a repórter Jéssica Vallejo, que é neta de Jorge e sobrinha de Carlos, “Tem sido muito difícil pra mim falar sobre o tema Covid-19 depois da morte dos dois.”, desabafou.