Romero Britto se manifesta pela 1ª vez após confusão e nega que obra quebrada é a mais cara de sua coleção

0

Na noite da quinta-feira última quinta-feira, 13, um vídeo de uma confusão envolvendo o pintor Romero Britto viralizou nas redes sociais.

No vídeo, a mulher vai até uma sessão de autografo que está sendo dada pelo pintor em uma de suas galerias de artes e faz um show que foi filmado por pessoas que estavam no local.

Cenapop · Vídeo de mulher destruindo peça de Romero Britto na ...

Na situação toda, a mulher diz que o pintor foi até o restaurante dela e foi desrespeitoso com a equipe de seu restaurante e logo em seguida, taca uma obra do artista no chão. Assustando, ele tenta segurar o objeto com a mão, mas não consegue e acaba escutando tudo calado.

“Eu exijo que você nunca vá ao meu restaurante e ofenda minha equipe. Eu te respeitava como artista”.

A jovem que divulgou o vídeo explica: “Parece que ele foi até o restaurante dessa mulher com um amigo e tratou os funcionários de um jeito rude”

Na Europa é comum as pessoas fazerem isso, por exemplo, se uma pessoa for destratada em um restaurante, ela pede as coisas mais caras do cardápio e não consome nada, deixam tudo na mesa. Isso é uma forma de dizer que você não precisa daquilo e nem precisa passar por situações embaraçosas.

Romero Britto nega que peça é a mais cara de sua coleção.

Após o vídeo ganhar repercussão, Romero Britto foi até o Instagram para dizer que peça quebrada por dona de restaurante não é a mais cara de sua coleção.

Em um print, o pintor mostra que sua peça mais cara foi vendida por 250 mil dólares americano, o que daria mais ou menos 1 milhão e 250 mil reais. A obra quebrada pela empresária custa $350 dólares, cerca de 1 mil e 250 reais.

Confira o print:

Nenhuma descrição disponível.

A peça que foi quebrada pela dona do restautante:

Nenhuma descrição disponível.

Veja o vídeo: