Saiba quem é o homem que arrancou o biquíni de Sheila no “barraco do Leblon”

0

Barraco bom é aquele em que todo mundo sabe de todos os detalhes e de cada personagem envolvido, e não se fala em outra coisa na internet que não seja o “barraco no Leblon”, protagonizado por 2 mulheres e um amigo que estavam passeando em um carro conversível enquanto várias pessoas estavam em restaurantes jantando.

Segundo as mulheres do carro, eles estavam voltando da praia e passando normalmente pelo local, mas como já era um pouco tarde, o fato de estarem de biquíni acabou incomodando muito as pessoas, que começaram a ofender com xingamentos e uma arquiteta que se chama Aline chegou até a arremessar garrafas no carro em direção as mulheres.

No meio da confusão, uma das mulheres que se chama Sheila e foi atingida com uma garrafada desceu imediatamente do carro em direção a arquiteta e deu um tapa em seu rosto para revidar as agressões, em seguida um homem levantou da mesa e foi em direção a Sheila para segura-la e chamar a polícia, mas ela conseguiu escapar e pular pra dentro do carro, porém teve a parte de cima do seu biquíni arrancada.

(Foto: Reprodução)

Mas quem é esse homem que tirou a parte de cima do biquíni de Sheila? Por qual motivo ele fez isso? Esse homem se chama Maurício e é uma pessoa muito conhecida por ser um empresário de sucesso, principalmente na cidade de Niterói, onde sua família tem uma ligação direta com a política por ele ser braço direito do ex-prefeito da cidade Jorge Roberto Silveira.

Além disso tudo, ele também é namorado de Aline e se sentiu extremamente incomodado em ver a sua namorada levando um tabefe na frente de todos e não pensou 2 vezes em levantar para defendê-la.

(Foto: Reprodução-Instagram)

Segundo várias testemunhas, todos no carro estavam fazendo preliminares e sendo bem vulgares na frente do público, mas até o presente momento não existe nenhum vídeo que prove que eles realmente estavam fazendo cenas pornográficas como estão dizendo, o que parece estranho, afinal hoje em dia a coisa mais comum é pessoas com um celular na mão para filmar momentos assim para mostrar o absurdo daquela situação e parece que ninguém fez isso e todos os vídeos do barraco mostram as meninas do carro quietas sendo xingadas e atacadas pelo pessoal que estava no restaurante.

O empresário foi procurado para dar seu depoimento mas até o momento não se prontificou para imprensa para que pudesse assim dar uma declaração e contar a sua versão.