Publicidade

Ex de Nego Di volta atrás e muda posicionamento: “Todo mundo virando as costas pra ele”

Publicidade
Publicidade

Ontem a mãe do filho do participante Nego Di, Tamyres Hirtz, tinha postado um recado pra ele na internet dizendo que não apoiava suas atitudes e que ele nunca tinha dado ouvidos pra ela quando necessário.

“Se eu pudesse falar agora com o pai do meu filho seria: ‘Amigo do peito é colete, meu velho. O resto é bala! Eu te avisei, né? Do jogo antes de ir e saber se concentrar em ti e na tua fala sem filtro e jogar sem fiasco”, começou dizendo.

“Também avisei que aqui na rua teu amigo era teu filho, o resto se tiver dois na pureza é muito. Estou com pena não! Eu avisei e foram anos de aviso! Como você diz, né? Foguete não tem ré. O teu foi bonito e com uma bomba colocada pelos bons conselhos dos teus bruxos”, seguiu.

Publicidade

“Quantos estão fazendo escolta pra tua mãe agora? Cuidando dela real? Os poucos de verdade tu te afastou”, finalizou a ex de Nego Di, que acabou apagando a publicação algumas horas depois.

Hoje ela voltou a publicar um texto em suas redes sociais, só que agora ela disse que veio se pronunciar oficialmente e mudou um pouco seu discurso, dizendo que vai apoiar o humorista quando ele sair do programa, afinal, ele já estava sendo massacrado demais.

Veja o texto na íntegra:

Publicidade

“Em meio de tantos acontecimentos vou me pronunciar oficialmente! Nós não somos um casal! Mantemos um vinculo que é maior do que qualquer atitude dentro da casa, positiva ou negativa. Esse vinculo é o nosso filho. Não concordo com as atitudes errôneas em alguns momentos dentro da casa, pelo contrário, são atitudes na qual eu não compactuo e nem defendo, porém as consequências serão arcadas aqui fora. Estou sendo julgada, ameaçada e isso está fora do meu alcance. Pessoas próximas, conhecidos, amigos, todo mundo virando as costas pra ele.

Independentemente do que está acontecendo e do meu posicionamento com as atitudes que ele vem tomando nessas últimas semanas, e em respeito ao nosso filho, estarei aqui pra dar o suporte que ele precisa e tentando orientar ele a seguir diante toda a rejeição que ele vem sofrendo. Não está sendo fácil e não será fácil daqui pra frente, mas tenho que ser racional e ajudar ele a amenizar essa situação, até mesmo pelo nosso filho. Que ele tenha sabedoria pra saber lidar com as situações e que aprenda com os próprios erros.

Não consigo julgar diretamente sem saber o que se passa lá dentro, o que acontece, qual a visão dos confinados. Enxergamos e interpretamos com o que achamos que é certo ou errado, mas só quem está lá sabe o que se passa e a intensidade das situações e sentimentos. Não passo pano. Lembrando aqui fora existem pessoas reais que estão sofrendo ataques dos mais cruéis como eu e a mãe dele que nada temos a ver. Peço que tenham o mínimo de empatia ao menos com a minha CRIANÇA. Desde já agradeço ao apoio dos que estão do meu lado e da minha CRIANÇA!”

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade