Publicidade

Ludmilla não se pronuncia em protestos contra Bolsonaro, é cobrada por fãs e se revolta em desabafo

Publicidade
Publicidade

Ludmilla não quis se manifestar nas manifestações que aconteceram no fim de semana contra o presidente Jair Messias Bolsonaro por todo o Brasil, após ficar “isentona”, ela foi cobrada por diversos fãs, principalmente pelo público que ela alcança, uma seguidora questionou a falta de posicionamento da cantora e acabou tendo uma resposta não muito agradável dada por ela.

Ludmilla criticou seus fãs, dizendo que eles já até fizeram pensar em deixar de existir: “Vocês ainda não perceberam que tudo que eu faço é problemático pra algumas pessoas? Se eu me posiciono é problemático, se eu respondo alguém querendo me diminuir debochando também é problemático, se eu aceito um convite pra ser atriz é problemático, se eu falo de política é problemático, se eu não falo também é problemático, se eu engordo é problemático. Vocês já me fizeram sentir vontade de não existir mais, vocês já me fizeram não me expressar nas minhas redes, vocês já me fizeram apagar várias coisas, vocês já me fizeram deletar as minhas redes sociais, então eu cheguei à conclusão que eu nunca vou agradar todo mundo e também não faço mais questão disso, tem algumas pessoas loucas e cheias de ódio”, desabafou a cantora.

Após as publicações, a cantora voltou a ser bastante criticada por alguns fãs, que disseram que já sabem muito bem qual lado ela defende, e ainda fizeram comparação com Anitta, dizendo que a cantora sim soube se posicionar firmemente e escolher um lado no qual defende: “Ela já se posicionou politicamente ao fazer aquele show no meio da pandemia.”, disse uma fã, “Aiai ela só não passa pano quando a vítima é ela, tem que aprender muito com Anitta ainda”, disse outra, “Essa daí é uma bolsominion e todo mundo sabe disso. Decepção!”, comentou mais um fã da artista.

Publicidade

Vale lembrar que Ludmilla chegou a curtir uma publicação de Jair Bolsonaro antigamente e também foi criticada por seus fãs na época: “Você não havia dito que não se posicionaria sobre política? Você não havia dito que seu Instagram é para entretenimento e não política? Como você pode apoiar um candidato extremamente racista. Não tem coerência nenhuma você lançar uma música sobre o empoderamento”, disse um fã.

A publicação do presidente que ela curtiu na época foi:

Eita!

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade