Publicidade

Cansada das críticas, Yasmin Brunet faz desabafo em rede social: “sendo culpada por escolhas dos outros”

Publicidade
Publicidade

Yasmin Brunet usou as redes sociais para fazer um desabafo sobre ataques virtuais que vem recebendo de outras mulheres. A modelo se indignou pelo fato das pessoas se dizerem feministas e, mesmo assim, julgarem outras mulheres.

Pelos Stories, do Instagram, Yasmin falou sobre o machismo da sociedade. “Inconformada com a quantidade de mulher machista que culpa outras mulheres por tudo, por escolhas dos outros, por qualquer coisa, na verdade”, começou.

Yasmin Brunet rebate críticas de mulheres: “Depois gritam feminismo”

“O Brasil é machista, isso já sabemos. Mas me choca com a quantidade de mulheres que estão prontas para atirarem pedras em outras mulheres e depois gritam feminismo”, disse.

Publicidade

“Até quando vamos culpar as mulheres por tudo? Até quando esse machismo horrível que m4ta mulheres todos os dias? Até quando vocês mulheres, querem viver em patriarcado derrubando outras mulheres e depois pedindo respeito quando não respeitam umas as outras? Uma razão do mundo ser machista até hoje é simplesmente os homens se defendem. Eles se unem”, finalizou.

Veja o desabafo na íntegra:

Imagem
Imagem
Imagem

Mais cedo, Yasmin Brunet deixou claro hoje que aguenta as “calúnias” que fazem sob ela por amar “muito alguém”. Em uma caixinha de perguntas aberta nos stories de seu Instagram oficial, a modelo respondeu a um internauta que quis saber como ela lida com as fofocas que vê na mídia.

Publicidade
Yasmin Brunet diz que aguenta ataques por 'amar muito' Gabriel Medina -  ISTOÉ Independente

“Como é que você aguenta tanta calúnia? Deus te proteja, florzinha”, disse o seguidor.

Ela, então respondeu:

“Porque sei que a verdade sempre aparece e Deus vê tudo”, iniciou ela. “E não é por mim que eu aguento, não. É por alguém que amo”, finalizou.

Publicidade
Yasmin Brunet responde pergunta sobre calúnias - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram

Apesar de não se aprofundar no assunto, Yasmin Brunet e a mãe de Gabriel Medina não são muito amigas. O desentendimento entre as duas veio à tona quando o público notou que Brunet e Medina não seguiam os pais do atleta nas redes. Na época, a mãe do surfista foi acusada de ser “aproveitadora”. Em entrevista à Quem, ela declarou que não era interesseira e definiu a relação da loira e de seu filho como “controladora”.

“Não sou famosa, não quero ser famosa e não vou ficar alimentando esse tipo de notícia, mas elas não procedem. Eu não recebia mesada do Gabriel de R$ 200 mil, eu simplesmente sou sócia da SGM Esportes (Simone Gabriel Medina Esportes: empresa de consultoria esportiva e gestão empresarial, aberta em 2014). Eu e meu marido investimos muito no início da carreira, o Gabriel ainda não era Medina. Meu marido (Charles) o treinou desde o início da vida até o ano passado e não ganhou um centavo sequer. Todo mundo atacou meu marido, mas ele não ganhou nada”, iniciou ela.

“Ela (Yasmin) chegou para passar um fim de semana e não saiu mais da casa dele. Eles vivem uma relação controladora. Nem com a irmã ele fala mais. Ela afastou ele de todo mundo. Ela determina o que ele deve comer. Eu nunca fui para casa do Gabriel sem ser convidada e nem sem avisar. Ele morava longe de mim há 7 anos. A gente não está se falando agora por causa de tudo isso. Nós somos uma empresa, mas agora estamos dissolvendo outra empresa”, completou a matriarca.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade