Juliana Paes quebra silêncio e grava vídeo indignada: “Eu não sou bolsominion!”

0

A atriz global Juliana Paes se envolveu em uma polêmica ontem, quando resolveu sair em defesa da médica Nise Yamaguchi, que foi ouvida na CPI do Covid na segunda-feira (01), Juliana escreveu em suas redes sociais: “Mulher merece respeito em qualquer ambiente”, a médica que ela defendeu prega o uso do tratamento precoce e da cloroquina em pacientes contaminados com o Covid-19.

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro também saíram em defesa da médica e deixaram o nome dela entre os assuntos mais comentados do twitter, isso fez com que muitas pessoas associassem Juliana ao presidente Jair Bolsonaro e ela foi muito criticada nas redes por sua opinião.

Ontem, a atriz gravou um vídeo que se explicava e dizia que não era bolsominion como todos estavam falando “Estamos vivendo um dos momentos mais nebulosos. O mundo inteiro está angustiado. Qualquer assunto é politizado. É um maniqueísmo. Eu não sou bolsominion, como adoram acreditar. Tenho críticas severas a este que nos governa, mas tampouco quero que a oposição que está presente no momento assuma o governo. Eu estou em um ambiente em que não me sinto representada por ninguém. Eu não admito ser colocada em nenhum desses dois polos. Não quero contribuir para essa polarização doentia. Não nesse momento obscuro, onde o ódio reverbera mais. Ou você é isso ou é aquilo. Isso não existe. Somos múltiplos”, disse ela.

Assista ao vídeo: