Publicidade

Eduardo Costa revela que levou calote ao vender mansão de R$ 10 milhões para ex-jogador; saiba quem é

Publicidade
Publicidade

O cantor Eduardo Costa afirmou que levou um calote na tentativa de vender sua mansão de R$ 10 milhões no bairro Bandeirantes, em Belo Horizonte.

O imóvel em questão tem 1.177 metros quadrados ao total, com 821 m² de área construída.

Eduardo Costa lava calote

As melhores de Eduardo Costa para relembrar os sucessos do cantor

A informação foi confirmada pelo próprio sertanejo que, em entrevista ao UOL, afirmou que “uma das partes não cumpriu” com o que foi acordado no contrato da negociação do imóvel.

Publicidade

O processo realmente existe, foi uma negociação iniciada com contrato assinado e uma das partes não cumpriu com as obrigações, por isso, foi acionado”.

O comprador é o comentarista esportivo e ex-jogador de futebol Fábio Junior Pereira — que tem passagens por clubes como Cruzeiro, Palmeiras, Roma e Atlético Mineiro.

Dos R$ 10 milhões que totalizariam a transação, R$ 6 milhões deveriam ter sido pagos em forma de sinal, enquanto o valor restante seria parcelado em 36 pagamentos de R$ 111 mil.

Publicidade
Fábio Júnior - Que fim levou? - Terceiro Tempo

O contrato foi firmado em junho de 2020 e as parcelas deveriam ter começado a ser pagas no mês de setembro. No entanto, em novembro, Eduardo Costa ainda não havia recebido nenhum pagamento e decidiu entrar na justiça para anular o contrato.

O caso foi parar na 21ª Vara Cível da Comarca de Belo Horizonte. Com a ação, o cantor deseja também receber o pagamento de uma multa de R$ 1 milhão que já estava fixada em contrato.

Fábio ainda não foi citado no processo e, por isso, não apresentou defesa.

Publicidade

Leia também: Fã de Eduardo Costa chora muito após cantor só exigir mulher bonita no camarim. Vídeo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade