Policiais arrastam homem negro paraplégico de carro e vídeo viraliza: “Revoltante”

Publicidade Policiais arrastam homem negro paraplégico de carro em Dayton, no…
Publicidade
Publicidade

Policiais arrastam homem negro paraplégico de carro em Dayton, no estado norte-americano de Ohio, a polícia americana está investigando o caso após o homem entrar com uma ação na NAACP (Associação Nacional Para o Progresso de Pessoas de Cor), todas as informações dessa matéria foram pegas do jornal americano CNN.

“Ele em arrastaram para a viatura como um cachorro, como um lix0, foi uma humilhação total”, relatou o homem, que se chama Clifford Owensby e tem 39 anos de idade.

Policiais arrastam homem negro paraplégico de carro
(Policiais arrastam homem negro paraplégico de carro/Foto: Reprodução: CNN)

Policiais arrastam homem negro paraplégico de carro e advogado da vítima se manifesta sobre o caso

O advogado do homem já disse para os jornalistas e imprensa que pretende abrir uma ação legal junto a um processo civil: “Levará um pouco de tempo para fazer algumas investigações, mas provavelmente teremos algo arquivado no próximo mês. Acho que foi ilegal e desnecessariamente brutal, dado o fato de que eles sabiam que ele não poderia sair do carro sozinho”, disse o advogado em entrevista.

Publicidade

Nos vídeos da câmera do próprio policial, mostram imagens da autoridade pedindo para que ele saísse do carro para que a polícia pudesse revistar e procurar drogas, porém isso não seria possível, tendo em vista que o homem é paraplégico, a situação ficou constrangedora pois o homem não conseguia se locomover e pediu socorro: “Sou paraplégico, preciso de ajuda para me locomover”, suplicou a vítima.

A vítima pede para que alguém chame o superior para que pudessem ter um pouco de empatia por ele, já que ele não conseguia sair do carro e estava se sentindo acuado, os policiais então respondem e insistem: “Se você não cooperar e sair do carro, vamos te arrastar para fora. Temos apenas 2 opções aqui”, disse o policial, ignorando o fato do homem não conseguir se mover.

Policiais arrastam homem negro paraplégico, assista ao vídeo:

O departamento de polícia local ainda emitiu uma nota sobre o caso, não demonstrando o mínimo de arrependimento pelo erro: “Os policiais seguiram a lei, seu treinamento e as políticas e procedimentos departamentais. Às vezes, a prisão de indivíduos inconformados não é bonita, mas é parte necessária da aplicação da lei para manter a segurança pública, que é uma das ideologias fundamentais de nossa sociedade”, disseram em nota.

Publicidade

A prefeita local também emitiu uma nota sobre o caso, principalmente depois de ver tamanha repercussão da imprensa internacional sobre o ocorrido: “Não importa onde você mora ou sua aparência, todos merecem ser tratados com dignidade e respeito ao lidar com a Polícia de Dayton. Dayton continua comprometida com nosso processo de reforma policial liderado pela comunidade e com o fornecimento de transparência em situações como essa”, relatou ela.

No Brasil também não acontece diferente quando o assunto é racismo, quem lembra do caso da bicicleta no Leblon, onde um homem negro também foi acusado pelo casal dono da bicicleta sem provas, mas depois os verdadeiros culpados foram capturados e pasmem, eles não eram negros, como o homem que estava sendo acusado pelo casal.

Fonte: Hugo Gloss

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade